Avançar o conteúdo principal
República Checa
Angels Blog

Capacitar os enfermeiros

Organised stroke-unit care improves outcomes in stroke and many of the activities are performed by nurses.
Angels team 13 Dezembro 2019

Imagine a stroke patient gets admitted to your hospital, undergoes all the necessary evaluations and is treated successfully with recanalisation. Everyone in the team feels they have made a difference. Now imagine all of that being undone because a swallowing screen is not performed on the patient.

O doente agora é um dos quase 70% dos doentes de AVC que têm alguma forma de disfagia. O doente é alimentado como normal, aspira, desenvolve pneumonia e morre em casa um mês mais tarde.

Os cuidados em unidade de AVC organizada foram a primeira coisa a comprovadamente melhorar os resultados no AVC e muitas das atividades realizadas na unidade de AVC que proporcionam estes melhores resultados são realizados por enfermeiros.

Um dos primeiros hospitais a participar no projeto multidisciplinar orientado por enfermeiros Quality in Acute Stroke Care Project (Qualidade nos Cuidados de AVC Agudos) (QASC Europe), que se concentra na implementação dos Protocolos Clínicos Febre, Açúcar, Deglutição (Fever, Sugar, Swallow) (FeSS), Motol University Hospital na República Checa descobriu que menos de 10% dos doentes tinham evidências documentadas de um rastreio de disfagia nas primeiras 24 horas. Depois de implementar os protocolos FeSS no seu hospital, este número saltou para quase 100%! O nível de implementação de protocolos de febre melhorou de cerca de 45% para cerca de 60% e a implementação do protocolo de glicose melhorou de cerca de 65% para mais de 95%.
 
 
Hoje, com 10 hospitais a participar, a República Checa tem a mais elevada taxa de inscrição de hospitais no projeto QASC Europe, e se os resultados forem parecidos com os atingidos pelo Motol University Hospital, podemos esperar que muitos doentes beneficiem.

“Before, we did not consider treatment of glycemia, fever and swallowing as essential. The QASC Project helped us implement protocols for management of these vital functions, and now our patients have a greater chance to return to normal lives with decreased disabilities just by adding simple processes to our routine nursing care,” stated Petra Pöschlová (left), Head Nurse of Hospital Chomutov’s stroke unit and Jana Pospíchalová (right), the hospital’s QASC champion.

Inspirado pela diferença que os enfermeiros podem fazer, o nosso consultor Angels para a República Checa, Robert Havalda, passou muito tempo a trabalhar com enfermeiros para expandir o seu conhecimento e aumentar a sua motivação. Trabalhando em proximidade com a Sociedade Checa Cerebrovascular (AVC) e com muito apoio da Sra. Tereza Koláčná, a Enfermeira-Chefe da Unidade de AVC Abrangente do Motol University Hospital, vencedora de um Prémio Spirit of Excellence 2019, organizámos o primeiro Congresso de Enfermeiros de AVC da República Checa em junho de 2019, onde alcançámos a capacidade máxima de 80 enfermeiros de quase todos os centros do país, apenas algumas semanas depois de anunciarmos o evento. 

A primeira parte do programa do congresso foi sobre o AVC em geral: o percurso dos doentes desde o EMS, procedimentos no hospital, o tratamento e a estrutura da rede de AVC na República Checa apresentado por neurologistas e pessoal de cuidados de saúde da Comissão de Direção da Angels.

A segunda parte foi dedicada ao trabalho dos enfermeiros, e os principais tópicos incluíram o trabalho dos enfermeiros na unidade de AVC, administração do tratamento, disfagia, afasia e reabilitação. Foi pedido a enfermeiros selecionados que falassem sobre a unidade de AVC e o percurso dos doentes nos seus hospitais, o que deu a todos a oportunidade de ver as diferenças salientadas, fazer perguntas e partilhar experiências.

Ao longo do evento, havia uma sensação palpável de entusiasmo e da formação de uma nova comunidade ao ver os enfermeiros de todo o país a trocarem informações para se manterem em contacto.

Mgr. Tereza Koláčná claimed that the congress “…has dramatically changed my point of view on the role of the nursing staff in stroke care. I am more aware of nurse irreplaceability in the healthcare system and the necessity of interconnection with physicians and other healthcare staff. I am very glad I had an opportunity to know my nurse colleagues from majority of hospitals in the Czech Republic.”

A terceira iniciativa destinada aos enfermeiros na República Checa foi a inscrição no curso de Certificação de Enfermeiros de AVS Online da Angels. Lançado em 2018, o curso está agora disponível em 13 idiomas e disponibilizou a mais de 6000 enfermeiros conhecimentos essenciais sobre AVC e cuidados práticos aos doentes. Este curso de auto-estudo inclui 20 módulos e testes associados que abrangem todos os aspetos dos cuidados aos doentes com AVC. Quase 150 enfermeiros de 19 hospitais na República Checa concluíram o curso com sucesso e os números continuam a aumentar.  Neste momento, o Masaryk Hospital em Ústí nad Labem detém o registo do maior número de enfermeiros certificados na República Checa, tendo o curso sido concluído por 36 enfermeiros.

O MU Prof. Dr. Ing David Černík, Chefe Clínico da Unidade de AVC, atribuiu isto como fator-chave para a redução do seu tempo de tratamento para quase metade. “The most remarkable benefit for patient care was the reduction of median door-to-needle time from 27 to 15 minutes, which would not have been achieved without top-quality work of well-educated stroke nurses,” he asserted.

Os cuidados de AVC requerem colaboração entre múltiplos departamentos, por conseguinte, acreditamos sinceramente que só podem ser administrados cuidados de AVC ótimos quando todas as partes envolvidas, incluindo o EMS e os enfermeiros, partilharem um bom nível de motivação, conhecimento e trabalho de equipa. Temos muito orgulho que enfermeiros na República Checa tenham agora formado a sua própria comunidade, a ponto de estabelecerem a primeira Comissão de Direção de Enfermeiros Angels na Europa. A influência dos enfermeiros está a espalhar-se por toda a República Checa, e continuaremos a dar o nosso melhor para a transmitir ao resto da Europa!

More stories like this

Espanha

NO HAY EXCUSAS | Quatro estratégias para tratar na TAC

If you are still not treating your stroke patients at CT, take inspiration from four hospitals in Andalusia, Spain, where the question of WHERE to treat patients is answered by WHO.
Emirados Árabes Unidos

ICU nursing team is top of the class in stroke care

Stroke nurse certification for 100% of its ICU nurses is streamlining stroke management at Dubai’s Mediclinic City Hospital.
Emirados Árabes Unidos

Her Passion For Data Is Worth Gold

Eight gold awards and counting testify to Al Qassimi Hospital’s commitment to improved stroke care – and to a nurse’s dedication to data-driven change. Meet Mrs Mary Angelo, custodian of the data that builds the legacy.
Join the Angels community
Powered by Translations.com GlobalLink OneLink Software