Avançar o conteúdo principal

Prestar cuidados excelentes em Leiria

Portugal
Por Diana Oliveira

Hospital Central de Leiria

A implementação das boas práticas no tratamento dos doentes com AVC foi uma prioridade para o Hospital Central de Leiria durante muitos anos, com recursos humanos e materiais disponíveis para tratar estes doentes 24 horas por dia. O acesso à imagiologia de TC é uma prioridade para estes doentes, apoiando a decisão rápida do tratamento fibrinolítico.

A nossa parceria com o Hospital e Universidade Central de Coimbra através da telemedicina também permite uma decisão de transferência rápida para realizar a terapêutica endovascular.

O tratamento adequado do AVC faz a diferença na qualidade de vida de todos os doentes, e os profissionais de saúde reconhecem a necessidade de assegurar que são garantidas as condições ideais. Assim, é essencial normalizar procedimentos e práticas que envolvam toda a equipa multidisciplinar, apoiados pelas mais recentes diretrizes e evidências científicas.

A Angels Initiative é um parceiro essencial para este fim, fornecendo ferramentas para ajudar as equipas de AVC a aprofundar o seu conhecimento, assim como avaliar e a melhorar as práticas atuais para alcançar melhores resultados de saúde. A proposta de uma parceria com a Angels Initiative surgiu em 2018 quando a Dra. Marta Goja, então médica nesta unidade, a anunciou à equipa.

Como unidade de AVC, não há melhor primeiro passo a dar senão rever o conhecimento existente sobre os cuidados dos doentes com esta patologia. A Certificação de Enfermeiros de AVC através de um curso de e-learning disponível no website Angels foi proposta a todos os enfermeiros e médicos da equipa. Composto por 20 módulos de autoestudo, este curso foi concebido para melhorar o conhecimento e os cuidados práticos dos doentes com AVC, abordando a fisiopatologia, várias patologias médicas associadas, fatores de risco, cuidados agudos e reabilitação, entre outros.

Além de fazer com que todos iniciassem o seu estudo online, a formação interna foi planeada de acordo com os módulos de certificação de enfermeiros de AVC, permitindo a discussão, a partilha de experiências e o esclarecimento de dúvidas com médicos e enfermeiros. Esta experiência permitiu-nos delinear estratégias para melhorar rapidamente a gestão dos doentes no acidente vascular cerebral isquémico agudo. Estas reuniões também trouxeram um valor acrescentado a cada um de nós, especialmente para a coesão da equipa, concentrando-se na entrega de excelência nos cuidados.

A partilha de novos conhecimentos obtidos nas diferentes formações e congressos de AVC tornou-se uma prática comum dentro da equipa, permitindo que todos se mantivessem atualizados sobre as boas práticas com base em recomendações nacionais e internacionais.

Os profissionais de saúde da nossa Unidade de Cuidados Agudos, atualmente inclui a Unidade de AVC de 8 camas, reconhecem na Angels Initiative um parceiro importante no planeamento e implementação de estratégias para melhorar os cuidados de doentes com AVC, não só pela qualidade da formação, também pela disponibilidade sempre demonstrada pela consultora Angels, Dra. Cláudia Queiroga.

A nossa prioridade para o futuro próximo é a monitorização dos cuidados prestados a todos os doentes que passam pela unidade, da participação nos diferentes projetos promovidos pela Angels Initiative (RES-Q e QASC), identificando barreiras e dificuldades neste processo, com uma perspetiva de melhorar continuamente a qualidade dos cuidados. Iremos certamente avançar para resultados melhores reduzindo a morbilidade, mortalidade e dependência dos doentes após um AVC.
Powered by Translations.com GlobalLink OneLink Software