DESCRIÇÃO GERAL DA TOMADA DE DECISÕES

O objetivo da fase de tomada de decisões é melhorar a qualidade e a consistência das decisões de tratamento na fase hiperaguda para garantir que os doentes recebem terapêutica adequada. Os alvos para a terapêutica de recanalização podem basear-se nos Prémios ESO Angels com um mínimo de 5% e um alvo de 15% de todos os acidentes vasculares cerebrais isquémicos. 
 
Esta secção sugere uma abordagem de 4 etapas para padronizar o processo de tomada de decisões de tratamento hiperagudo. Estas 4 etapas são: Diagnóstico, excluir o sangramento, avaliação da gravidade e as contraindicações ao tratamento.
 
As ferramentas nesta secção destinam-se a reforçar estas 4 etapas através de apresentações, checklists e simulações de doentes online.  

tomada de decisões